bloco 2

sábado, 15 de agosto de 2015

QUANDO A BUSCA POR PERFEIÇÃO VIRA AUTOPUNIÇÃO


Você provavelmente cresceu com todos sempre lhe dizendo o quê fazer e como fazer, com os "certos" e "errados" já decretados. Por isso, foi tentando se enquadrar no corpo certo, na profissão certa, na personalidade certa, no relacionamento certo, e por aí vai... Dessa forma, esqueceu-se de que para fazer o certo também é preciso passar pelo errado. Um expert só se torna expert errando até dominar o assunto, não é verdade? O erro é extremamente saudável, mas quem quer mostrar um erro por aí?
Exigimos de nós mesmos coisas absurdas, com um único desejo: sermos aceitos.
  • Respire fundo, jogando o ar para a barriga, até sentir seu diafragma estufado. Sinta o seu coração batendo. Faça isso por alguns segundos.
  • Imagine uma linda flor desenhada no seu peito. É aí que mora a sua essência perfeita.
  • Imagine essa flor transformando-se em uma luz cor de rosa muito forte, brilhante. Ela é tão forte que, saindo do seu peito, ilumina todo o ambiente em que você está, saindo pelas janelas, invadindo a cidade toda, o país, o planeta, até o infinito.
  • Essa força é sua! Essa é você! Já pensou o quê você pode fazer com tanta luz? O mundo externo pode ter te machucado, mas a sua essência é só sua! Olhe para dentro de você. Pode ser que em um primeiro momento você sinta tristeza, vergonha ou raiva, mas não se culpe. Quando não temos intimidade com alguém, é normal não se sentir à vontade.

FLORAIS DE BACH ABREM CAMINHO PARA O RECOMEÇO
Acatamos ao conceito de que perfeccionismo é algo bom. Mas o perfeccionismo desenfreado que usamos em nosso dia a dia se tornou autopunição. Exigimos de nós mesmos coisas absurdas, com um único desejo: sermos aceitos.
Nesse mundo de exigências, qual foi o momento em que você olhou para dentro de si e fez a pergunta: mas quem EU quero ser? Sei que a gente não tem tempo, forças e, muitas vezes, nem coragem para procurar essa resposta. Então, eu sugiro um exercício para que você olhe pra dentro de si nesse instante:
Proponho que você tente, a partir de hoje, dedicar cinco minutinhos por dia para a pessoa mais importante do mundo: você. Esse olhar vai mudar e você vai compreender o que significa ter a essência única e perfeita. Outra sugestão: que tal tirar um dia por semana para fazer algo diferente? Marque uma noite com pessoas queridas, uma massagem, um cinema, um café com leitura. Descubra o quão gratificante é cuidar de você, e descobrir assim a riqueza da sua companhia.
Se você encontrar muita dificuldade para dar esse primeiro passo, eu sugiro a utilização dos Florais de Bach. As essências precisam ser indicadas por um profissional para que surtam o efeito exato, estimulando as qualidades que você precisa usar nesse momento. Mas, para estimular a força do recomeço, eu indico uma misturinha bem interessante: as essências Larch, Mimulus e Hornbean. Elas oferecerão uma dose excelente de autoestima, coragem e força para sair do lugar.
Os Florais não têm nenhuma contraindicação pois agem em nível energético, podendo ser consumidos por crianças, adolescentes, adultos, gestantes, idosos, animais e até plantas. O tratamento padrão inclui 4 gotas, 4 vezes ao dia, por 30 dias, respeitando sempre a orientação do profissional.

Fonte: http://www.personare.com.br/quando-a-busca-por-perfeicao-vira-autopunicao-m6001